Feliz Natal e um Ano Novo com muitas realizações e sucesso!

 

Mais um ano de muito trabalho e grandes resultados se encerra, abrindo caminho para mais sonhos serem realizados. Que o espírito de Natal renove as nossas energias para o ano que vai nascer.

Desejamos um Feliz Natal e um Ano Novo com muitas realizações e sucesso! Boas Festas!mensagem-de-natal-e-ano-novo

Anúncios

PESQUISA REALIZADA PELO MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL AVALIA PORTAIS DA TRANSPARÊNCIA , E MUNICÍPIO DE SENHOR DO BONFIM OBTÊM NOTA 2,70.

foto rac das cidades transparencia

Entre os dias 08/09/2015 e 09/10/2015, em atuação coordenada em todo o Brasil, o Ministério Público Federal fez a avaliação dos portais da transparência dos 5.568 municípios e 27 estados brasileiros.
O exame levou em conta aspectos legais e boas práticas de transparência e foi feito com base em questionário elaborado pela Estratégia Nacional de Combate à Corrupção e à Lavagem de Dinheiro (ENCCLA). Seu objetivo é medir o grau de cumprimento da legislação, por parte de municípios e estados, numa escala que vai de zero a dez.

O resultado desse trabalho pode ser conferido, em detalhes, por meio dos gráficos a seguir e das informações contidas nas abas acima. Confira a situação do seu município/estado!

VEJA A PUBLICAÇÃO CLICANDO NOS LINKS ABAIXO:

Convocação do SISMUSB

Senhor do Bonfim, 09 de Dezembro de 2015.

CONVOCATORIA

O SISMUSB – Sindicato dos Servidores Publico Municipal de Sr. do Bonfim, convoca toda a Corporação da Guarda Municipal para uma reunião nesta sexta feira dia 11/12/2015 as 9:00 horas no auditório da Associação Comercial, com a presença da advogada Dra. Luciana Terra Nova, onde a mesma estará apresentando a minuta de defesa no processo de nº 0500299-27.2015 ajuizada pelo Ministério Publico de Sr. do Bonfim contra o Município sobre a Guarda Municipal.

Sonia Lucia Santana da Silva
Coordenadora Geral do Sismusb

 

CONVOCAÇÃO 11_12_15

 

Impeachment: veja o que acontece com Dilma após abertura de processo

Primeiro passo é defesa da presidente; Dilma tem 10 sessões na Câmara para expor defesa, que será enviada para comissão

O presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), aceitou nesta quarta-feira (2) o pedido de abertura de um processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT). Veja o que acontece agora

Defesa de Dilma

Com a aceitação do processo, Dilma tem 10 sessões da Câmara dos Deputados para apresentar a sua defesa, que será enviado para uma comissão especial destinada a analisar o caso.

Comissão do impeachment

A Câmara dos Deputados criará uma comissão de 66 deputados e 66 suplentes de todos os partidos e blocos parlamentares. A composição deve refletir, o tanto quanto possível, a composição atual da Casa. Assim, o PT e o PMDB/PEN, que compõem o governo, terão aproximadamente 16 cadeiras de titulares e igual número de suplentes.

 

Reunião em 48 horas, resposta em 5 sessões

A comissão tem 48 horas para se reunir e eleger o relator, o presidente e os três vice-presidentes. Essa eleição pode – mas não precisa – respeitar a composição do Plenário.
. Após o recebimento da defesa de Dilma – ou após o fim do prazo de 10 sessões -, a comissão deverá emitir um parecer recomendando a aceitação ou a recusa do processo de impeachment.

Parecer é publicado, novo prazo de 48 horas

O parecer deverá ser publicado no Diário da Câmara dos Deputados e é dado um novo prazo de 48 horas. Após isso, o parecer vai à votação na sessão seguinte da Câmara dos Deputados.

Processo é aberto ou arquivado

Os deputados são chamados a votar. Caso o parecer seja pela abertura do processo de impeachment, é preciso que 2/3 da Câmara – ou 342 parlamentares – votem a favor para que o processo seja aberto. Caso o parecer seja pelo arquivamento do pedido de abertura do processo de impeachment, é preciso que 342 parlamentares votem contra o documento para que o processo seja aberto.

Aberto, processo vai para o Senado

Caso a Câmara aprove a abertura do processo de impeachment, ele vai para o Senado, que julgará a presidente

Senado cria nova comissão

Após chegar ao Senado, o pedido de abertura do processo deve ser lido na sessão seguinte e, no mesmo dia, é criada uma comissão com 1/4 dos senadores. A composição também deve respeitar a proporcionalidade da Casa. O bloco de apoio ao governo deve ter cerca de 1/5 dos membros.

Acusação é enviada ao presidente e ao STF

Essa comissão será responsável por redigir a acusação contra Dilma – o líbelo acusatório, como é chamado formalmente -, que será enviado ao presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL) e ao Supremo Tribunal Federal (STF

Dilma é afastada da Presidência da República

Durante o andamento do processo, Dilma deve ficar afastada do cargo de presidente.

Dilma perde o cargo ou é absolvida

Os senadores deverão votar se aceitam ou não a acusação contra Dilma Em caso afirmativo, a petista é destituída e fica 8 anos impedida de exercer função pública. Para tanto, é preciso que 2/3 dos membros do Senado – 54 membros – votem a favor da derrubada da presidente.

Vice-presidente assume

O vice-presidente, Michel Temer (PMDB-SP), assume a presidência da República até o fim do mandato.

Fonte: http://ultimosegundo.ig.com.br/politica/2015-12-02/impeachment-veja-o-que-acontece-com-dilma-apos-abertura-de-processo.html

Processo da GM teve movimentação no dia 27/11/2015.

processo da 27_11_2015Pessoal movimentação no processo que Suspendeu momentaneamente a Guarda Municipal de Senhor do Bonfim:
Só foi publicado Hoje, pois não vinha nos últimos 15 dias verificando diariamente e sim semanalmente, não tinha movimentação a mais de 2 meses. Então publicado Hoje.

É a defesa da Advogada Dr Luciana Terra Nova.

27/11/2015 – Juntada de Petição – Nº Protocolo: WSDB.15.00804092-8 Tipo da Petição: Réplica Data: 27/11/2015 10:38

http://esaj.tjba.jus.br/cpopg/show.do?processo.codigo=6S0000BZC0000&processo.foro=244